quarta-feira, 2 de abril de 2014

Atualização Histórica - R$ 500 mil atingidos!!!

Musa dos 500k! E de outros momentos também... hehehe

Povo de minha Blogosfera!!!

É com muita satisfação que anuncio, após insanas batalhas pessoais, sangrentos combates mano a mano contra a horda monobíceps e longos períodos dedicados à divindade Onã, o rompimento da barreira dos R$ 500 mil reais!!!

Com a forte alta do IBOV em março (+7,05%), minha carteira deu um incrível salto, deixando-me a meio caminho do primeiro milhão. Não sei se isso vai durar, mas é fato que está na hora de aportar pelo menos uma pequena parcela em renda fixa. Tenho estudado bastante o assunto. Na próxima atualização talvez os leitores vejam um pouco de TD em minha carteira.


Como estou me sentindo ao saber que sou meio milionário...
Vamos aos números!


Excepcional evolução patrimonial de +11,14%! E o aporte foi de apenas R$ 5 mil. Desconsiderando-o, a rentabilidade mensal ficou em +10,04%. Essa forte alta, porém, é um cenário adverso para as vendas cobertas. Realizei cinco operações no mês, tendo que interromper duas delas - em PETRE15 e BBDCE30. No anual, meu saldo com opções está em aproximadamente -R$ 455 líquidos. É hora de ficar fora do mercado e esperar a poeira assentar para voltar a lançar.

Posição atual da carteira d'El Rei:


Percebam que meu preço médio em CIEL3 mudou, pois ao atualizar a planilha com a bonificação de 100% (a partir de abril), notei que havia lançado dois valores errados. O mês também foi generoso para os proventos, como veremos abaixo. A meta agora é encher o carrinho de TAEE11, CCRO3 e uma empresa de consumo não-cíclico.

Resumo:
Aporte do mês: R$ 5.000,00
Proventos: R$ 5.221,76 (BBDC4, VIVT3, GGBR4 e CIEL3) - média mensal em 2014 igual a 15,63% do salário - meta: 100%
Bruto com opções: prejuízo de R$ -1.120,00 (ganhos em PETRD80, GGBRD17 e GGBRD16; perdas em BBDCE30 e PETRE15). Sem operações abertas.
Compras: 300 TAEE11 a R$ 18,70.
Não deixem de conferir o ranking de meu Guardião-Mor, aqui.
Um abraço d'El Rei!

"Primeiro eles te ignoram, depois riem de você, depois brigam, e então você vence."
- Mahatma Gandhi (1869 - 1948), advogado e líder do Movimento pela Independência da Índia -


sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Atualização Mensal - Fevereiro de 2014

A bolsa me fode, mas elas me consolam... rs
Povo de minha Blogosfera,

Mais um mês vermelho na bolsa brasileira. IBOV fechou fevereiro caindo pouco mais de 1% e minha carteira deu outra sangrada. Ainda não olhei todos os balanços, mas os resumos que li não estão ruins. Petro veio ruim, mas longe de ser o desastre que eu esperava. Ainda vou olhar mais a fundo e farei uma reflexão, inclusive traçando um plano de saída.

Eu te entendo: se uma merda dessa mamasse minhas bolas, eu também teria uma tendência de baixa!
Tive perdas com WIN, mas não sei dizer exatamente quanto foi, pois o HB da corretora está de sacanagem comigo e não estou conseguindo acessar o site da CEI aqui. Como opero só um contrato, não foi muita coisa. O fato é que estou colocando essa operação na geladeira, pois está mais do que claro que não estou operando esse instrumento da forma correta. Perdi uma operação com opções do Bradesco também (ver resumo no final do post).

Vamos ao que interessa!


Houve boa evolução patrimonial de +2,88%, mas graças ao aporte grande de R$ 21.000. Devo passar uns dois meses sem aportar ou aportando pouco. Desconsiderando esse aporte, houve queda de -1,87% em fevereiro. O aporte foi usado para comprar principalmente BBDC4 e CCRO3. Esses papéis estão muito bons para serem desconsiderados.

Posição atual da carteira d'El Rei:


Como podem perceber, houve aumento ignorante em BBDC4 e CCRO3, além de um pouquinho de GGBR4. Devo fazer apenas mais um aporte no Bradescão - mais 500 ações - e encerrar as compras, assim como fiz com Cielo. Estranha sensação de se aproximar da barreira psicológica dos R$ 500 mil, mas estar cada vez mais distante dela...

Resumo:
Aporte do mês: R$ 21.000,00
Proventos: R$ 1.000,32 (BBDC4 e TBLE3) - média mensal em 2014 igual a 3,90% do salário - meta: 100%
Bruto com opções: prejuízo de R$ -500,00 (violino na BBDCC28, mas faz parte). Sigo vendido em PETRD80 (0,23) e GGBRD17 (0,25).
Bruto com WIN: não sei ao certo, pois deu pau aqui no HB, mas devo ter perdido uns 1500 pontos. Operei mal e contra a tendência. Voltando para o air.
Compras: 500 BBDC4 a 25,82, 500 CCRO3 a 15,09 e 200 GGBR4 a 15,07.

Não deixem de conferir o ranking de meu Guardião-Mor, aqui.

Um abraço d'El Rei!

"Os únicos limites das nossas realizações de amanhã são as nossas dúvidas e hesitações de hoje."
- Franklin Delano Roosevelt (1882 - 1945), 32º presidente dos Estados Unidos.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Proventos Recebidos 2013 e Venda Coberta


Salve meu povo!

Post atrasado, porém jamais sonegado! Entendedores entenderão! hahaha!

Em relação ao ano passado, houve aumento de posição exclusivamente na carteira de ações, onde me encontro totalmente alocado. Além disso, também tornei-me sócio de mais uma elétrica, a Taesa. O balanceamento dessa carteira conseguiu superar em muito o desempenho ruim do Ibov em 2013, mesmo com Petr4 me castigando.

Falando em Petro, ela não é minha única ação a cair (meu preço médio em Taesa é bem maior do que a cotação atual), porém é a única a me incomodar. Vários leitores e blogueiros questionam se eu não deveria ter a mesma atitude em relação à Gerdau.

Eu respondo que são casos muito diferentes.

Eu vejo a Gerdau como uma cia de sucesso, com ótima governança, mas que apenas passa por um ciclo econômico mundial que impacta diretamente em suas receitas. Ainda assim, ela apresenta lucro. Ou seja, eu consigo vislumbrar a empresa se recuperando no longo prazo.

Já a Petro, eu nunca achei bem administrada. Eu disse NUNCA! Mesmo na época da euforia dos mercados, a empresa não batia as metas de produção. Sou sócio, pois ela é um gigante quase monopolista de um dos setores mais lucrativos do mundo. Mesmo assim, minha alocação nela é pequena.

O que me incomoda na Petro não é a má administração. É o pré-sal! Como assim???

Explico.

Petro está praticamente apostando todas as suas fichas no pré-sal, com a maior dívida do mundo. Isso me incomoda muito! Quem garante que o pré-sal trará o retorno esperado? E se novas tecnologias surgirem? E se as atuais tecnologias forem aprimoradas e tornarem o oil menos atraente? Essas questões, eu deveria tê-las ponderado antes de fazer um novo aporte de capital na empresa...


Usina solar em Andaluzia, Espanha, produz energia até de noite


Após o momento mimimi, vamos ao assunto do post!


O valor dos proventos de 2013 praticamente dobrou em relação a 2012. Ultrapassei o valor de um salário mensal. Todos esses proventos foram devidamente reinvestidos.


Os números melhoraram pouca coisa, estando meu PY em 4,76%, o que é razoável. Sobre a valorização, minha carteira não performou tão bem quanto em 2012. Os destaques são Tractebel, com mais uma sólida valorização de 15,53% e Cielo, que novamente foguetou, com 44,06% de valorização.

Há um assunto polêmico na Blogosfera, que é a venda coberta de opções. Muitos acham que não vale o risco. Bom, vou postar minha tabela com os resultados e algumas estatísticas. Vou deixar que cada leitor tire sua própria conclusão.

Botão direito, opção "exibir imagem" e dê zoom
Vou encerrando por aqui!
Keep Trolling!


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Atualização Mensal - Janeiro de 2014

Charlene Macedo! "Vem ni min"!

Povo de minha Blogosfera...

Primeira atualização patrimonial do ano e já começo com um lindo tombo! Todos já sabem que o mês foi sangrento para o Ibov, que caiu -7,51%! Todo mundo está em polvorosa, mas vamos pensar um pouco, minha gente. Os FIIs também caíram. Tem título do governo com queda de -40%. Por que só falam das ações???

Ao menos consegui aproveitar muito essa vida de solteiro. O primeiro fim de semana de fevereiro foi um dos mais insanos dos últimos tempos. Fiquei tão doidão que liguei para quem não deveria, atendi ligação de quem fujo e postei em blogs que odeio. Depois pensei em desfazer tudo. Mas querem saber? Até que eu gostei... rs



Como já comentei antes, tenho desejo de iniciar uma modesta diversificação, começando a investir no TD. Porém, preciso fazer isso de forma muito bem pensada. Tenho que pensar em cenários econômicos (já pensei rs), fluxo de caixa e prazos adequados. Não consigo visualizar investir grana substancial em TDs de vencimentos muito longos, mesmo os atrelados a índices de inflação. No curto prazo, temos uma incrível instabilidade econômica, tanto por fatores internos quanto por externos. Logo, eu não tenho a menor ideia de como estará o País em 2035. Meu plano será divulgado em breve.

Esse mês também tive dificuldade para gerenciar o blog. Acabei deixando vários comentários sem resposta no outro post. Quem tiver comentado, depois olha lá que respondi tudo. Há posts relativos a 2013 que também preciso publicar, como o resultado das operações com opções e os proventos recebidos. Só posso adiantar que recebi o dobro de proventos que 2012.



Vamos o que interessa!






Bela pancada, mas menor do que eu imaginava quando fiz o fechamento. Não houve aporte e recebi só a quantidade ínfima de proventos mensais do Bradesco. Logo, essa queda de -5,76% não chega a assustar. Porém, acho que passaremos por mais dificuldades por aqui. Talvez, isso seja só a ponta do iceberg. Ou pior: só a cabecinha...

Posição atual da carteira d'El Rei:


Em relação ao fechamento passado, houve o derretimento de PETR4, BBDC4 e CCRO3. Não vejo motivos fundamentalistas para a queda das duas últimas. Logo, deve ser nelas que irei direcionar meu próximo aporte, que poderá ser da ordem de R$ 15.000.


Resumo:
Aporte do mês: não houve
Proventos: R$ 40,46 (BBDC4) - média mensal em 2014 igual a 0,30% do salário - meta: 100%
Bruto com opções: lucro de R$ 1.270 (ótimo mês para venda coberta, encerrei a GGBB50, PETRB49 e fiz outras duas operações). Sigo vendido em BBDCC28 (0,27).
Bruto com WIN: - 2.100 pontos, 1 mini, ou R$ 420. Apenas encerrei a compra horrível que fiz antes que a coisa piorasse. Não sei operar essa bagaça e preciso estudar mais.
Compras: não houve.
Não deixem de conferir o ranking de meu Guardião-Mor, aqui.
Um abraço d'El Rei!


"O medo derrota mais pessoas que qualquer outra coisa no mundo."
- Ralph Waldo Emerson (1803 - 1882),escritor, filósofo e poeta estado-unidense.

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Atualização Mensal - Dezembro de 2013

Minha expressão ao fazer o fechamento mensal

Salve, salve súditos de minha Blogosfera!

Espero que todos tenham um tido um ótimo Natal e Réveillon! É o fim de 2013! Ano merda para a bolsa, mas ótimo para acumuladores vorazes como El Rei e seu Séquito! Não é nenhum desastre o IBOV fechar 2013 com queda de aproximadamente -15%. É hora de choro da sardinhada e mimimi's de diversos tipos, como "moro na 7º economia do mundo mas sou tão infeliz!". Ah, vá pegar no cabo de uma enxada, seu menininho criado a leite com pera!

Estive ausente do blog por quase metade de dezembro, curtindo um pouco as férias, dividindo meu tempo entre família, amigos e mulheres. Digo "mulheres", pois em dezembro comi uma civil! E gata! Mas isso não quer dizer que foi de graça, pois o ritual do acasalamento envolveu bastante ostentação! hahaha!

E por falar em ostentação...

Além de aportar alto esse mês, ainda gastei uma boa parte do meu limite no cartão. Claro que não estou nem um pouco arrependido. Acho que estava com energia acumulada. Aportei muito em 2013, acho que além da conta. No próximo post falarei mais sobre minhas metas para 2014.

  

Vamos parar com a enrolação e ir direto ao que interessa?

O mês de dezembro deu uma boa pancada na carteira. Nem o aporte de R$ 15 mil salvou a rentabilidade. A carteira recuou -1,32% com aportes e -4,47% sem aportes. O anual sem aportes ficou em +7,46%, o que considero muito bom, pois não precisarei comprar tudo 50% mais caro em 2014, caso estivéssemos em um bull market. Por outro lado, com o aporte total de R$ 138.400, meu patrimônio aumentou 52,46%, deixando minha meta muito para trás. Porém, meu projeto de alcançar a barreira de 500k em 2013 foi frustrado.

Posição atual da carteira d'El Rei:




Resumo:
Aporte do mês: R$ 15.000,00
Proventos: R$ 1.442,35 (TAEE11 - R$ 1.401,89, BBDC4 - R$ 40,46) - média mensal em 2013 igual a 12,64% do salário - meta: 100%
Bruto com opções: lucro de R$ 1.100 (ótimo mês, encerrei a GGBRL19, BBDCA33 e PETRA22). Sigo vendido em GGBRB50 (R$ 0,25) e PETRB49 (0,17).
Bruto com WIN: 295 pontos, 1 mini, ou R$ 59. Fiz uma venda muito boa e depois entreguei quase tudo numa compra muito ruim. Permaneço COMPRADO a 51.955 pontos.
Compras: 200 BBDC4, 100 VIVT3, 100 GGBR4 e 200 CCRO3.

Não deixem de conferir o ranking de meu Guardião-Mor, aqui.
Um abraço d'El Rei!

Você achou mesmo que ia ler meu post sem levar seu notebook ao banheiro?!

"A história ensina-nos que o homem não teria alcançado o possível se, muitas vezes, não tivesse tentado o impossível."
- Max Weber (1864 - 1920), intelectual alemão e um dos fundadores da Sociologia.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Fala que El Rei te Escuta! - 2


Súditos d'El Rei,

No último post, exibi para toda a Blogosfera de forma inquestionável a arrogância do Sacana de Vida Boa. Os fanboyolas ficaram em polvorosa com a revelação da edição do post do mentiroso Pobreta fake. Basta olhar que o post foi publicado às 7h, mas o primeiro comentário só surgiu às 8h. Porra, todo mundo está cansado de saber que assim que aquele idiota (sem querer ofender o Ministro O Idiota!) publica as merdas dele, as pobretes enlouquecidas se descabelam todas para ver quem vai levar a primeira enrabada do dia. Alguém acredita que o post dele ficou uma hora inteira sem ninguém comentar? Ou ele apagou os primeiros comentários? Por que ele faria isso? Óbvio que eu falo a verdade e ele, como sempre, mente muito.

Assunto superado, vou publicar mais algumas perguntas que recebi nas últimas semanas. Seu nome verdadeiro será abreviado, mas se você assinou com um nick, publicarei na íntegra.

1) Olá IT! Sempre acompanho seu blog, mas não comento, pois sou mulher e fico com medo de represálias ou comentários maldosos, por isso prefiro te escrever. Sou casada, tenho 35 anos e um filho de 8 anos. Meu marido tem 42 anos. Temos uma renda familiar em torno de R$ 12.000. O problema é que aqui em casa é o oposto do que acontece com a maioria dos casais. Eu penso em investir, economizar e evito gastos fúteis. Lógico que tenho os cuidados básicos que toda mulher tem, mas evito exageros. Já meu marido adora se exibir, usa roupas caras, troca de carro a cada dois anos, tem coleção de perfumes importados e malha na academia mais cara do bairro. Somos obrigados a viver um padrão de vida superior ao que podemos arcar apenas para ostentar. Enquanto isso, nosso filho poderia estudar numa escola muito melhor. Por conta dos gastos dele, nossa vida não anda, nossa casa precisa de reformas, não viajamos e não temos quase nenhum dinheiro guardado. O que faço para mudá-lo?

Obrigada!
C.

R.: Antes de mais nada, obrigado por acompanhar o blog. Você não precisa ficar com receio de fazer seus comentários. Apesar de piadas e bom humor serem incentivados, não permito agressões gratuitas e muito menos manifestações de preconceitos. Não sou terapeuta familiar e nem sei direito como te responder, confesso. Então vou te dar uma opinião pessoal. Sobre seu marido, acho que você está cometendo o erro de muitas pessoas quando assumem um relacionamento: o de acreditar que pode mudar o cônjuge com o tempo. Vai ver que foi por ele ser um pavão que você o notou. Essa mania de ostentação é algo complicado, pois é uma característica de personalidade. Normalmente, as pessoas só mudam a personalidade depois de sofrerem muito. Eu sugiro que você converse com seu marido, incentive-o a ler alguns livros básicos (pode ser os do Cerbasi mesmo) e também a acompanhar os blogs sérios aqui da Blogosfera. Fóruns como o do Bastter podem ajudar muito. Se ele é muito materialista e gosta de tirar onda, cuidado com a bolsa de valores, pois isso pode trazer sérios problemas para ele. Se os hábitos dele estão pondo a família em dificuldades, um acompanhamento psicológico pode ser necessário, mas não fale isso diretamente a ele. Talvez seja uma boa você ir e pedir para ele te acompanhar. O diálogo aberto é fundamental. Boa sorte!

2) Olá Troll! Como você analisou os balanços trimestrais das empresas? Valeu!
Mancebo no Mercado

R.: Olá jovem mancebo! Praticamente todas as empresas de minha carteira não necessitam de acompanhamento trimestral. Esse balanços, eu olharia apenas se estivesse investindo em empresas de alto risco, como sociedades em situação crítica de endividamento (ainda não considero Petro nessa situação) ou turnarounds. Mas esse tipo de empresa não faz parte do meu perfil. Atualmente, acompanho Petro, para verificar como andam os prejuízos com importações, e Gerdau, para verificar coma anda a recuperação das margens da empresa. As outras, basicamente, olho evolução da receita, custos, lucro líquido, margem Ebitda e a comparação com os períodos anteriores. Também é importante saber as externalidades relacionadas a empresa. No caso da Gerdau, os EUA aplicaram medidas antidumping contra o aço turco e isso é bom para a empresa. Há investidores que acompanham tão de perto as empresas que chegam até a prever lucros trimestrais. Para nós, que não somos profissionais e não dedicamos tanto tempo ao mercado, basta uma boa diversificação e fugir de notícias, promessas e micos.

3) Caro Investidor Troll, como vai? Eu invisto em renda variável, mas tenho bastante receio de ações. Prefiro FIIs e tenho uma boa grana neles. Vc pretende investir nessa modalidade?
Um abraço!
M.A.O

Obrigado por acompanhar o blog. Bom, eu não considero FIIs renda variável. Eu os vejo com uma forma de investimento em imóveis. Ok, o valor da cota varia. Mas se você sair perguntando na rua para várias pessoas quanto vale sua casa, dificilmente vai escutar valores exatamente iguais, certo? Então, apesar de seu imóvel físico não ter um valor exato nesse momento, isso não quer dizer que ele seja uma forma de RV, concorda? Eu pretendo investir em imóveis sim, mas não agora. Eu considero que a bolsa com baixa valorização (talvez até descontada) é um ótimo momento para eu direcionar meus aportes para ela. Por outro lado, não é novidade que os preços dos imóveis estão nas alturas. Tenho medo de modinha. Vejo muita gente com DYs espetaculares de quase 0,80% a.m em carteiras de FIIs, mas e como fica o ganho de capital? Tenho acompanhado meio ao longe, mas mas parece que os FIIs estão azedando muitas carteiras por aí. Também tenho dúvidas básicas sobre esse mercado que eu devo sanar antes de alocar meu capital, principalmente as relacionadas sobre a governança e a auditoria desses fundos.



Por hoje é só! Obrigado por manterem contato com El Rei!

"Devemos não somente nos defender, mas também nos afirmar, e nos afirmar não somente enquanto identidades, mas enquanto força criativa."
- Michel Foucault (1926 - 1984), filósofo francês.


quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

A Blogosfera precisa do Pobretão?


Povo de toda a Blogosfera,

Conforme prometido, aí está print do post original do Pobretão. A publicação original foi modificada com menos de cinco minutos no ar. Mas de tão abismado que fiquei, consegui copiá-la em tempo hábil.

Engana-se quem acha que fiquei estarrecido por ele, mais uma vez, tentar jogar todos contra mim.

Não!

O que me deixou atônito é a extrema arrogância deste blogueiro. Dessa vez, ele se revelou e eu não vou deixá-lo escapar. Como pode alguém achar que manda em dezenas de blogs, sendo que vários desses blogs são mais antigos e com muito mais conteúdo que o do Pobretão fake de merda?

Ele já foi divertido. Sim, no início era legal vê-lo se fazer de vítima do sistema capitalista, ao mesmo tempo em que sonhava ser da elite do mesmo. Era engraçado quando ele se descabelava com cada tombo da Eletropaulo, teimando que seu falso all in seria vencedor e lhe traria um camaro amarelo. Mesmo sabendo que tudo era mentira, era engraçado...

Mas aí veio o sucesso. Que trouxe o adsense. Que trouxe a ambição por mais adsense.

Como profissional de marketing, ele foi buscar mais formas de atrair e influenciar jovens. Foi então que mudou o tom das postagens. De vítima, passou a ser algoz das mulheres. Ele incorporou direitinho todo o discurso da banda podre do movimento realista.

Não tenho nada contra a Real. Tive contato com esse movimento faz uns 3 anos. Acredito que a Real salva vidas. Mas a Real não passa de uma análise do comportamento feminino e sobre como o homem pode se defender de chantagens sem o uso da força. O  propósito da Real é facilitar a convivência e não incitar ódio e  preconceitos.

Mas brigas trazem visitas. Que trazem mais adsense e bônus especiais.

Então eu chamo os leitores e blogueiros a uma reflexão.

Quais são os nossos ideais? Concordamos com os absurdos propagados pelo blogueiro Pobretão? Precisamos dele?

Vocês, antigos e novos, não se sentem ofendidos com alguém lhes ordenando sobre com quem podem ou não ter contato? Quem é ele para lhes ordenar colocar ou retirar alguém de suas listas de favoritos?

Aos casados, não lhes fere a dignidade quando ele diz, sem a menor cerimônia, que suas esposas não possuem honra? Vocês realmente concordam com a mensagem de ódio e desprezo às mulheres que ele transmite em todos os seus posts?

Povo da Blogosfera, os posts outrora engraçados, que brincavam com situações cotidianas, deram lugar a mensagens de ódio e incitação a violência. E isso é crime!

Vocês realmente desejam ter um hipócrita, mentiroso e criminoso em suas listas de favoritos? E mais: vocês realmente querem ajudá-lo a ter audiência?

Qual o motivo para frequentar um blog onde não se pode sequer expor uma ideia sem receber uma saraivada de ofensas? Eike Rico, Uorrem e até mesmo o Corey sabem o que é isso...

Ele, que os menospreza e diz que seus blogs dependem do dele para sobreviver!

Ele vai dizer que é mentira. Só que eu não fui o único a copiar o post  original. Vi pelo menos três anônimos dizendo a mesma coisa, mas ele (ou eles) modera o dia todo. Inclusive no horário onde todos os pobretões paulistas deveriam estar presos no trânsito.

Eu não vou me alongar, expondo novamente todas as provas de que ele é um personagem. Acho que isso já está mais do que provado e até os fanboys dele já aceitaram esse fato. Só que ele é um personagem que espalha ideias perigosas para jovens em formação. Ideias que um dia podem até matar.

Bons Dividendos foi banido por muito menos. É hora de refletirmos sobre a necessidade da existência de um personagem desagregador e incitador de ódio em nosso meio.